Paulo Souto lidera pesquisa de intenção de votos com 42%, Lídice: 11% e Rui Costa: 8%.

Fotos: Ag. Haack/ Bahia Notícias
Fotos: Ag. Haack/ Bahia Notícias

Conforme nota do Bahia Notícias e amplamente divulgada pela TV Bahia, no telejornal desta quinta feira a noite. Paulo Souto lidera pesquisa realizada pelo Ibopte/TV Bahia, com 42% da intenção de votos. Veja:

A mais nova pesquisa Ibope/ TV Bahia, revelada nesta quarta-feira (23), aponta novamente a possibilidade de eleição estadual já no primeiro turno. Conforme os números do levantamento estimulado, quando é oferecida a lista de postulantes, o candidato do DEM, Paulo Souto, segue na liderança com 42%, o mesmo porcentual da última consulta publicada em maioLídice da Mata (PSB) manteve os 11%, na segunda posição. Rui Costa (PT) aparece em terceiro lugar, com 8% – menos do que mês 5, quando o petista computava 9%. Da Luz (PRTB) obteve 2% das intenções de voto, enquanto Marcos Mendes (PSOL) e Renata Mallet (PSTU) obtiveram 1%. Brancos e nulos somam 18% e 17% não souberam responder ou preferiram não opinar. No quesito rejeição, Da Luz lidera com 27%, seguido de Lídice (20%). Souto e Rui empatam com 18%, enquanto Mendes e Mallet somaram 13%. Onze por cento dos entrevistados não rejeitam nenhum dos aspirantes e 25% não responderam ou não souberam opinar à questão. Não foram informados os números da disputa pelo Senado. O Ibope ouviu 1.008 entrevistados entre 18 e 23 de julho. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos. A amostragem foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BA-00006/2014“ 

TJ aprova agregação de comarcas entre elas a de Boquira à Macaúbas.

A comarca de Tanque Novo será agregada à de Igaporã. (foto Blog do Glauber)
A comarca de Tanque Novo será agregada à de Igaporã. (foto Blog do Glauber)

Conforme previsto foram agregadas 23 comarcas no interior da Bahia, entre elas a de Boquira à Macaúbas e a de Tanque Novo à de Riacho de Santana. Assim “avança” o Tribunal de Justiça mais antigo das américas, estrigindo de certa forma o acesso do cidadão à justiça ou até dificultando. Pois, muitos terão que descolocar de suas cidades para terem suas demandas atendidas.

Veja relação das comarcas que deverão ser desativas e agregadas a cidades vizinhas:  Abaré, Antas, Aurelino Leal, Baixa Grande, Belo Campo, Boa Nova, Boquira, Capela do Alto Alegre, Conceição de Feira, Ibicuí, Ibirapitanga, Itapebi,  Itapitanga, Jaguaripe, Jiquiriçá, Milagres, Nova Canaã, Nova Fátima, Paratinga, Pau Brasil, Rio de Contas, Santa Luzia, Tanque Novo e Wanderley.

Clique aqui e veja matéria completa publicada no Bahia Notícas. 

Veja texto publicado no Blog do Glauber sobre o assunto:

“Foi votado e aprovado por unanimidade na manhã desta quarta-feira (23) a agregação de 24 comarcas do interior baiano. Contra a decisão do Tribunal de Justiça, a diretoria do Sinpojud e servidores das comarcas de Tanque Novo e Botuparã, assistiram a votação e protestaram contra o resultado com faixas. “Essa medida é um retrocesso para a justiça baiana. Ação deste nível não trará soluções, irá onerar ainda mais o bolso do cidadão, que já paga muito caro com as custas processuais, acrescendo assim o custo para se deslocar para outro município em busca de acesso à justiça” critica o diretor de Mobilização do sindicato, Jorge Cardoso Dias, que acrescenta: “Necessário se faz trazer a superfície do debate, a existência do princípio da supremacia do interesse público, o qual informa todo o direito administrativo direcionado as condutas dos agentes”. Para o vereador de Tanque Novo, Ademir Ferreira, os maiores prejudicados com a agregação serão os cidadãos. “Os prejuízos serão imensos. O nosso município será agregado a comarca de Igaporã, que fica a 67km de Tanque Novo e não contamos com uma estrada para que a população possa se deslocar com facilidade, o que será um grande transtorno para os moradores”, relata o vereador.”

PARAMIRIM: hospital Aurélio Justiniano receberá R$ 100 mil para custeio de procedimentos.

1111
Hospital deverá receber 100 mil a mais …

Conforme nota do Bahia Notícias, quatro unidades de saúde do interior baiano receberão um aporte de R$ 271.695,21 para custeio de procedimentos de média e até alta complexidade na saúde. Todos são hospitais municipais. Em Paramirim, no sudoeste, o Hospital Aurélio Justiniano receberá a maior fatia, R$ 100 mil. O Hospital Municipal Antonio Teixeira Sobrinho, em Jacobina, no centro norte, terá R$ 66.666,67. Já a Maternidade Dr. João Carlos Meireles Paulilo, em Alagoinhas, nordeste do estado, ficará com R$ 58.333,33; e a Maternidade Dr. Deraldo Miranda, em Irará, centro norte, receberá a menor parte do bolo, R$ 46.695,21. As ações fazem parte do financiamento da assistência de média e alta complexidade do Ministério da Saúde e incluem o pagamento de procedimentos como quimioterapia, financiamento de hospitais de pequeno porte, centros de especialidades odontológicas, laboratórios de prótese dentária, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e habilitação de leitos.

Macaúbas... "Média complexidade"... Complicado isso!...
Macaúbas… “Média complexidade”… Complicado isso!…

No caso de Macaúbas que atende pacientes de cidades como Oliveira dos Brejinhos, Boquira e Ibipitanga (pode entrar ai também outras cidades), há anos não tem “recomposições” ou “atualizações” de valores recebidos que hoje está em torno de R$ 470 mil que mal paga os médicos.

O que falta em Macaúbas? Paramirim recentemente foi contemplado pelo Governo do Estado com um Frigorífico Público e se apelarmos pelo lado histórico, Paramirim consegui transferir e concluir a Feira Livre, uma grande obra que é a Barragem do Zabumbão, um Parque de Exposição, uma bela área de lazer em torno da Lagoa e do Rio Paramirim, tendo o município dois grandes hospitais e é visto por toda cidade canteiros de obras… E se aprofundar para as iniciativas privadas, há uma avanço na área da saúde com existência de inúmeras clinicas médicas, três agências bancárias e um comércio equilibrado…

O fator político e administrativo: Em menos de 60 dias recebe visitas do Governo Baiano, o que dá ao município “certo prestígio político” e liderança regional… “Status” este perdido por Macaúbas? Há mais de quatro anos Macaúbas encontra-se estagnada, obras inacabadas e tendo como “alibe” uma “herança” administrativa que ninguém comprava documentalmente (nem um lado nem o outro), as razões de tantos obras paralisadas… E com isso não se ver realização ou conclusão de obras de impacto que mude a rota e tire o município do “atoleiro” (barro seco)… O que resta é aguardar as “promessas” dos governos pré eleitorais… Ou eleitoreiras?

Curso de Dança inicia nesta quarta 23. Aproveite e faça sua inscrição, é grátis!

10448824_824683954239251_8390851103301967186_n

Conforme cronograma, Macaúbas será contemplada com Curso de Dança, através da Fundção Cultural da Bahia e Governo do Estado. O Programa é itinerante e passará também por outras cidades do interior baiano, atendendo além da dança outras modalidades como CIRCO, TEATRO, LITERATURA E MÚSICA.

Macaúbas ficou com a dança… Sendo assim, boa oportunidade para o macaubense aprender a “rebolar” e a se “mexer” e certamente entrar no “ritmo” e “dançar” conforme a música…

Veja mais sobre o Programa: 

Os alunos que cumprirem pelo menos 75% de frequência terão certificado reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet ou presencialmente:

SITE : www.fundaçãocultural.ba.gov.br/cursos

FAMAC – Fundação Assistencial de Macaúbas
Rua Castro Alves, nº 100 – Centro. 
CEP 46500-000 – Macaúbas – BA

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 8h ás 12h / 14h ás 16h

Programa de Qualificação em Artes em Macaúbas – CURSO DE DANÇA - Quanto: Gratuito

Macaúbas ganha “novo” sistema de Esgoto Sanitário “assistemático, “insano”, “assintomático”…

Como legendar esta imagem? Uma ação normal diante de tudo ou do nada que é feito!...
Como legendar esta imagem? Uma ação normal diante de tudo ou do nada que é feito!…

Uma ação nada agradável, além de ser “insalubre”, “nojenta”, desumana e completamente inaceitável ou tolerável, situação que ocorre não se sabe a quanto tempo e nenhuma medida é tomada… Por se repetir continuamente e visto por todos e não “incomodar” a ninguém ou se alguém se incomoda se “acomoda” são estas imagens registradas no início da tarde de hoje, por volta das 14:00h, na Praça Inácio Alves (Praça da Feira), centro do comércio de Macaúbas e da cidade. Onde funciona ao ar livre um “restaurante” popular, barracas que fazem “comida” sem a mínima condição de higiene, sem água encanada, sem banheiro, sem pida de cozinha (os utensílios são lavados em bacias), sem o SISTEMA DE ESGOTO… Toda a “lavagem” é depositada durante o dia em galões de plastico e depois jogados numa BOCA DE LOBO que fica no meio da rua, como visto pelas imagens…

Lembrando que a situação não é nova, há anos isso acontece… Tornou-se normal e até “suportável” pelas autoridades, moradores e consumidores.

Poderia aqui apontar responsáveis, passando pela Secretaria da Saúde, infraestrutura, Obras, Meio Ambiente, Educação, Agricultura, Administração, Financias, Recursos Hídricos, Esportes, Cultura… E quanto a outras instituições, o próprio Gabinete do Executivo, da Câmara Municipal… Outras esferas: que tal o Judiciário, o Ministério Público… Não, os maiores culpados é na verdade os MORADORES ao redor, os comerciantes (a Associação Comercial ou Associação dos Feirantes)?… Em suma, a maior culpada é a lavadeira de pratos?… Também não… A culpa é de Rui Barbosa e de Inácio Alves…

Este é o quotidiano na Praça da Feira... Um descaso...
Este é o quotidiano na Praça da Feira… Um descaso…

“Macaúbas, Macaúbas, quanto mais  te conheço, menos te entendo”. Frase dita por Rui Barbosa numa conferência em Haia (Suíça), quando citou o caso deixando perplexo a todos! Voltando a Salvador, o governo da época enviou para Macaúbas três galões para a coleta dos dejetos produzidos pelos “restaurantes ao ar livre”, evitando desta forma uma revolta dos locais…

Veja post em rede social na internet, divulgada pelo ativista Joe Kallif na página Saneamento Básico em Macaúbas. Espaço criado para discutir a importância do tema para a comunidade, soluções que devem ser buscadas para solução deste grave problema de saúde pública.

Este local é na entrada de Macaúbas, no bairro Alto do Cruzeiro. Após a estação de Elevação de Esgoto.. O que há anos foi apelidado de "Bosteiro Municipal"...
Este local é na entrada de Macaúbas, no bairro Alto do Cruzeiro. Após a estação de Elevação de Esgoto.. O que há anos foi apelidado de “Bosteiro Municipal”… (Foto Joe Kalif)

 

Contaminação do solo, do lençol freático... Prolifera doenças: morte. (Foto Joe Kallif)
Contaminação do solo, do lençol freático… Prolifera doenças: morte. (Foto Joe Kallif)

Veja o alerta de Kallif nas redes sociais.

“É gravíssima a situação em que Macaúbas se encontra, no quesito saneamento básico!
O atual sistema, na sua totalidade, deverá ser refeito, redimensionado! 
Os macaubenses terão de reaprender sua relação com o tema!
Não se enganem!”

O blog tentou entrar em contato com as autoridades citadas no post, mas não obteve sucesso devido ao péssimo sinal da telefonia móvel na cidade. No entanto, espaço fica aberto para interessados: macaubasonoff@hotmail.com

 

ELEIÇÕES 2014: Lídice da Mata recebe lideranças políticas de Macaúbas.

Lídice, Marcos, Marciel e Roberto (Foto Face de Lidice da Mata)
Lídice, Marcos, Marciel e Roberto (Foto Face de Lidice da Mata)

Em nota em rede social, a candidata a Governo do Estado da Bahia pelo PSB, a sedadora Lídice da Mata diz que manteve conversa nesta segunda feira, com  Marcos Ricardo (PC do B) Presidente da Câmara de Vereadores de Maca´buas e os vereadores:  Marciel Costa (PSB) e Roberto Oliveira Souza (PSB), do município de Macaúbas, localizado na Chapada Diamantina. Finaliza Lídice dizendo que foram discutidas questões importantes pra a região e as diretrizes para a campanha política.

 

Governo da Bahia é autorizado a tomar emprestado cerca de U$ 500 mi, ou seja mais de R$ 1 bi.

Depois do aval da Fazenda, Wagner poderá tomar os empréstimos junto a dois bancos
Depois do aval da Fazenda, Wagner poderá tomar os empréstimos junto a dois bancos

Foram publicadas no Diário Oficial da União de hoje (21) duas autorizações para o governo da Bahia realizar empréstimos. O primeiro, junto ao Banco Mundial (Bird), no montante de US$ 400 milhões, será destinado à segunda etapa do Programa de Inclusão e Desenvolvimento Socioeconômico do Estado da Bahia (Proinclusão II). Já o segundo, junto ao Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), é no valor de SDR 29 milhões (Direito Especial de Saque), o que representa aproximadamente US$ 45 milhões, e será investido no Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável na Região Semiárida da Bahia (Prosemiárido). A autorização foi aprovada pelo Senado a última quinta-feira (17). O trâmite segue agora para autorização do ministro da Fazenda e só após este aval o governo baiano estará apto a assinar o contrato com os dois bancos. O Proinclusão II objetiva a continuidade do fortalecimento dos programas estruturantes do Governo da Bahia relativos ao esforço da inclusão social e produtiva, ao desenvolvimento de infraestrutura social, físico e institucional para o crescimento sustentável, e ao fortalecimento do planejamento e gestão do setor público. O Prosemiárido, com prazo de execução de seis anos, objetiva contribuir para a redução da pobreza rural, de forma duradoura, através do desenvolvimento sustentável da produção, da geração de emprego e renda em atividades agropecuárias e não agropecuárias e o desenvolvimento do capital humano e social. Diz nota do Política Livre.

Programa Minha Casa Minha Vida, deverá inaugurar 22 unidades nesta terça feira em Macaúbas.

Casal de agricultor familiar em sua residencia Celé e Beta da Barra do Canto. (Foto Facebook Sintraf )
Casal de agricultor familiar em sua residencia Celé e Beta da Barra do Canto. (Foto Facebook Sintraf )

Deverá acontecer às 14:00h, desta terça feria, 22. Inauguração de diversas unidades do Programa Nacional de Habitação Rural, que integra o Programa Minha Casa Minha vida,  coordenado pela Cooperativa de Habitação Rural da Bahia (Coopehabitar) e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Estado da Bahia (Fetraf-BA), juntamente com o Sindicadto dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Bacia do Paramirim – SINTRAF. O Projeto também conta com parceria da Caixa Econômica Federal.

Conheça algumas comunidades beneficiadas pelo Programa:  Coqueiro, Santa Terezinha, Santa Apolonia, Nova Esperança, Cipó de Contendas, Barreirinho de Contendas, Pajeú do Pau D’arco, Peixe, Passagem do Meio, Buqueirão, Gameleira, Barra e Canto, entre outras.

Veja outras unidades construídas pelo Programa no interior do município de Macaúbas (Fotos SINTRAF/Bacia do Paramirim)