Mureta de passeio público foram engolidos...
Mureta de passeio público foram engolidos…

Aliado ao descaso que se prolonga por mais de um ano e com pequena ajuda de alguns milímetros de chuvas que caíram durante a semana, um paredão que separa a Rua das Pedras da Praça da Feira, veio a baixo no início desta noite de terça feira (18), por volta das 18h30mim. Cerca de 15 metros de mureta e passeio público sustentados por um fio de terra, não suportaram  tanto tempo a espera de uma intervenção da Prefeitura que somente sinalizou precariamente o local.

Mesmo sabendo do eminente riso de desabamento carros eram estacionados.
Mesmo sabendo do eminente riso de desabamento carros eram estacionados.

Poderia ser pior:

Se fosse durante o dia e num sábado certamente teria mais danos materiais  e certamente vitimas fatais, pois com a retirada da sinalização, é comum ver veículos estacionados no local, como este ônibus. Imagine com o peso do veículo somado ao peso de passageiros, poderia acontecer uma catástrofe e certamente não haveria culpados, tudo iria para a conta do “destino”!…

Custos maiores... E quem paga a conta?
Custos maiores… E quem paga a conta?

Com o “descaso” o custo da obra ficou maior:

Se já não foi feito a intervenção, alegando falta de recursos, agora que ficou pior, a obra certamente triplicou seu orçamento, se ficou meses na situação que estava imagine agora. No entanto, os riscos de acidente aumentaram consideravelmente, sendo obrigado o Poder Público tomar providências imediatas. E a conta todos sabem quem paga!


Amélio Costa Jr.
Amélio Costa Jr.

Em consenso, a Câmara Municipal, nesta segunda (17), apesar de algumas abstenções, a maioria do Plenário, fez mudanças na composição de duas Comissões que irão apreciar as contas do ano de 2012 sob  a responsabilidade do ex-prefeito Amélio Costa Jr. que está tramitando na Casa há mais de um ano. Tendo a Mesa Diretora extinto todo o processo por conter erros e vícios. Com a substituição do vereador Anderson Gumes (PDT) que estava impedido de opinar, pelo princípio da suspeição,  por ser parente próximo do ex-prefeito,  foi substituído pelo vereador José Oséas (PV), ficando assim compostas as novas Comissões:

Comissão de Justiça, Constituição e Redação Final:

Presidente: Maciel Costa (PSB) – Relator: José Oséas (PV) e Secretário: Zequinha do Sindicato (PCdoB)

Comissão de Financias, Obras e Serviços Públicos:

Presidente: José Oséas (PV) – Relator: José dos Anjos (PV) e Secretário: Zequinha do Sindicado (PCdoB).

O vereador Marcelo Nogueira (PMDB), questionou também a proximidade do Vereador José Oséas com o ex-prefeito, pois o mesmo é primo do ex-gestor, este absteve do voto.

Sendo aprovada a composição das novas Comissões, o presidente Marcos Pinto, deu um prazo de 10 dias úteis para as mesmas darem parecer sobre as contas do ex-prefeito Amelinho; em seguida os parecerem e as contas serão julgadas pelo Plenário da Casa, sendo assim, não podendo opinar o vereador Anderson Gumes (PDT).

O Tribunal de Contas do Município (TCM) em Salvador  opinou pela sua aprovação com ressalvas, tendo o ex-gestor que pagar multas, o que é comum nestes casos. No entanto o seu julgamento cabe a Câmara Municipal e o desenrolar desta “novela” é aguardado com grande expectativa pelo meio político local.


José Oseias
José Oseias

Apresentado formalmente ao Plenário da Câmara Municipal nesta segunda feira (17) o Projeto de Lei do Executivo nº 55/2014 que “dispõe  sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimento dos Servidores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Macaúbas, institui tabelas de vencimento, fixa as normas para a avaliação anual do desempenho funcional e dá outras providências. Foi recebido com críticas, a exemplo do comentário do vereador José Oseas (PV) que leu um trecho do Projeto que diz sobre as qualificação mínimas para ser diretor da entidade, bastando ser servidor do SAAE e nomeado pelo Prefeito, sem exigência de nenhuma qualificação. Já para cargos subordinados como Coordenador Interno tem que ter CURSO SUPERIOR COMPLETO, conhecimento de informática e habilitação Cat. A e B. Segundo o Vereador José Oseas é uma contradição enorme… “Como o chefe precisa ter menos qualificação que seus comandados?”

Veja parte do Projeto que trata do assunto:

ANEXO V

Quadro de cargo de provimento em comissão e de funções gratificadas

Requisitos de nomeação e de designação

            DENOMINAÇÃO                                     REQUISITOS MÍNIMOS
Diretor Servidor ocupante de cargo de provimento efetivo no Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Macaúbas nomeado pelo Prefeito Municipal.
Coordenador Interno Servidor ocupante de cargo de provimento efetivo no Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Macaúbas e curso superior completo, conhecimentos básicos em informática e carteira nacional de habilitação categorias A e B.
Chefe da Seção de Recursos Humanos Servidor ocupante de cargo de provimento efetivo no Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Macaúbas e ensino médio completo.
Responsabilidade Técnica da Seção de Contabilidade Servidor ocupante de cargo de provimento efetivo no Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Macaúbas e ensino médio completo, curso técnico em contabilidade e inscrição no Conselho Regional de Contabilidade – CRC.
Anderson Gumes (PDT)
Anderson Gumes (PDT)

 Já o vereador Anderson Gumes (PDT), também teceu comentários sobre o Projeto de Lei do Executivo, se referindo aos altos salários da Diretoria, segundo Anderson, é uma grande injustiça, somente privilegiar cargos da Diretoria com gratificações que variam de R$ 1.600,00 a R$ 2.800,00 (que representam 40 e 70% do subsídio do Secretário Municipal), enquanto que os cargos como faxineira, copeira, operadores não terão o mesmo benefício.

Diz ainda que isso é inadmissível, pois causaria um efeito cascata, tendo que aumentar as gratificações da Diretoria do SAAE quando reajustados os subsídios dos Secretários. Podendo a renumeração de membros da Diretoria superar a R$ 10 mil.

Anderson também apresentou Emenda para modificar a forma de reajustes de tarifas, dizendo que o Projeto deve passar pela Câmara e discutido em Plenário em vez de ser por Decreto do Executivo. Disse anida que a Câmara deve tomar para si esta responsabilidade.

Outro que também achou incabível o Projeto foi o vereador José dos Anjos (Ié do PV), usou a Tribuna e disse que o Projeto nem emenda pode ter, pediu ao Plenário a sua rejeição completa. Já o vereador Marcelo Nogueira, disse que o Projeto deve sim ser melhor discutido, citou que outros setores também tem projetos de Cargos e Salários em construção, citando a restruturação do APLB, do pessoal das Saúde. Anderson Gumes já defende um Projeto que englobe todos os servidores municipais.


Marcelo Nogueira (PMDB)
Marcelo Nogueira (PMDB)

O Projeto da Lei Orçamentária para 2015 prevê um orçamento em torno de R$ 109 milhões, quase 10% maior que deste ano, seu texto original sugere uma suplementação de 100%, ou seja, o Executivo poderia dobra-lo sem autorização da Câmara Municipal, duas emendas modificativas, dos vereadores Cau do PT e Marcelo Nogueira, pede redução para 20%, bem como a abertura de crédito, em reunião realizada na noite desta segunda feira (17).

José dos Anjos, Ié do PV
José dos Anjos, Ié do PV

Outras emendas sugerem ao plenário transferência de valores de uma Secretaria para outra, uma delas é do vereador José dos Santos (Iè do PV), que retira do Esporte e do SAAE  para a Secretaria do Meio Ambiente, esta que era prevista somente R$ 154 mil, mal cobriria sua folha de pagamento. Já quem apresentou mais emendas foi o vereador Marcelo Nogueira, onde sugere R$ 1 milhão a mais para a Secretaria de Agricultura, retirando R$ 500 mil da Infraestrutura e do Esporte, passando desta forma a Pasta da Agricultura para R$ 1.827 milhões.


Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias
Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias

“O Conselho de Administração da Petrobras decidiu nesta segunda-feira (17) encaminhar um pedido de abertura de ação civil contra 15 funcionários da estatal, entre eles o ex-presidente da companhia e atual secretário de Planejamento do Estado da Bahia, José Sérgio Gabrielli, e o ex-diretor da área Internacional, Nestor Cerveró. A informação é da coluna de Ancelmo Góis, do jornal O Globo. Ainda de acordo com o colunista, a medida se deve à compra da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), em 2006, que causou um prejuízo de R$ 792,3 milhões. A coluna também informa que dois dos funcionários denunciados são estrangeiros.”

Só lembrando, este cara (Gabrielle)  era a preferência do ex-presidente Lula para ser o candidato a Governador na Bahia.

Veja outra, publicado no Bahia Notícias desta segunda feira (17)

Cerveró transfere responsabilidade de má gestão da Petrobras à presidente

Cerveró transfere responsabilidade de má gestão da Petrobras à presidente

“Considerada uma estratégia “ousada”, a defesa do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró entrou silenciosamente com uma ação na Comissão de Ética Pública da Presidência transferindo a responsabilidade pela compra da refinaria de Pasadena à presidente Dilma Rousseff (PT). Para a defesa de Cerveró, cabe a Dilma responder pela gestão da estatal, que é ex-presidente do Conselho de Administração. De acordo com a coluna Radar Online do jornalista Lauro Jardim, suas movimentações financeiras nos anos de 2005, 2006 e 2011 são questionadas pela Controladoria Geral da União (CGU), especificamente na compra de uma casa na Região Serrana por R$ 100 mil e a posterior venda por R$ 850 mil. “


Prefeito de Caturama sofre acidente próximo à Barreiras

O prefeito Hugo Mendonça (PTB), do município de Caturama, localizado no sudoeste do estado, sofreu um acidente na BR-242, próximo à Serra do Saco, em Barreiras. A caminhonete em que ele estava, junto com sua esposa, capotou no início da noite de domingo (16). O prefeito, que conduzia o veículo, perdeu o controle da direção e o carro só parou em um muro às margens da rodovia. O casal teve ferimentos e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para uma unidade de saúde do município. Informações do blog de Sigi Vilares


 

Marisa, pioneira entre as grandes redes de lojas do Brasil, agora coloca a disposição de todos, através dos Catálogos Marisa, uma infinidade de produtos entre eles, moda feminina, juvenil, infantil e para homens, além de calçados, acessórios e muito mais…

Aproveite, solicite o novo catálogo Marisa por telefone: (77) 3473-1388 * 9930-9759 ou para aleciodemillus@hotmail.com. Você lucrar comprando ou vendendo Marisa… Seus ganhos podem chegar até 100%… Tá esperando o que?

Novo Catálogo Marisa: ciclo 11.... Imperdível
Novo Catálogo Marisa: ciclo 11…. Imperdível

Lindas blusas a partir de R$ 13,99 – Sapatos de grandes marcas: Beira Rio, Moleca, Via Marte, Vizzano… Você encontra tudo isso na Marisa… Ligue agora mesmo!

10645300_699148373525463_2992693201476545785_n

10408622_699148533525447_1714422750748374027_n


O que seria um dueiro, está acima do nível do solo. Com isso, ninguém vai entrara pelo cano!
O que seria um bueiro, está acima do nível do solo. Com isso, ninguém vai entrar pelo cano!

Numa situação desta não se acha responsável, tipo a obra do viaduto em BH, não se sabe se a falha é do projeto ou da execução… Sendo assim, todos lavam a mão e ninguém “entra pelo cano”!… Nem a água da chuva… Certamente ela vai ficar com a culpa das rachaduras no prédio… Este é o Brasil, do Mensalão, a Petrolão, Macaúbas também é Brasil…

Prejuízos: rachaduras comprometem estrutura da construção de prédio escolar.
Prejuízos: rachaduras comprometem estrutura da construção de prédio escolar.

Um prédio escolar que está atualmente com obras paralisadas localizado ao lado da Praça da Juventude em Macaúbas corre riscos de metade da obra ser demolida por apresentar graves rachaduras num conjunto de salas. O prédio está sendo construído sob um aterro que chega ter até 5 metros de profundidade por mais de 80 de comprimento. Após as chuvas grandes blocos de pedras com cerca de 1m3 e outras menores começaram a aparecer, isso acontece com a retirada de cedimentos/terra, por falta de uma drenagem adequada.

Este pavilhão com diversas salas apresenta rachaduras por toda sua extensão.
Este pavilhão com diversas salas apresenta rachaduras por toda sua extensão.

Não precisa ser especialista para saber a origem do problema, más a solução quer mais que isso. A instabilidade do terreno/aterro poderia ser o que está provocando grandes rachaduras nas paredes da construção: aterro de péssima qualidade, aliada a falta de dreno e outras proteções.

Veja outras imagens:

Na verdade, o projeto original da Praça da Juventude não contemplava a construção de edificações neste local, aqui onde se construiu o Prédio Escolar, estava prevista, segundo projeto, uma área livre, aberta, para caminhada, uma ciclovia… Sendo assim, o aterro feito, não foi bem trabalhado para receber uma edificação.

As águas passam em baixo do muro e não nos bueiros que ficam acima do solo.
As águas passam em baixo do muro e não nos bueiros que ficam acima do solo.

Em contato com a redação do Blog, o Prefeito José João Pereira, disse que está tentando solucionar o problema com a contratação de um engenheiro especializado de Salvador. Disse ainda que recebeu a obra iniciada da administração anterior e que era responsável pela obra a Construtura Souza Rego, agora fez contrato com a Construtura Adepres. O blog tentou entrar em contato com as construturas citadas mas não obteve êxito, espaço fica aberto para interessados.

No acesso principal uma coluna não resistiu...
No acesso principal uma coluna não resistiu…

Veja outras imagens da obra que se for demolida deverá causar milhares de Reais de prejuízos aos cofres públicos e mais, prejudicando centenas de crianças que deveriam está usufruindo deste benefício público financiado com recursos de tributos pagos por todos.

Com as chuvas grandes blocos de pedras aparecem... As águas levam as terras deixando o terreno/aterro instável.
Com as chuvas grandes blocos de pedras aparecem… As águas levam as terras deixando o terreno/aterro instável.